O Top 5 de Ferramentas Digitais na Hotelaria e Restauração (que marcam pontos com os clientes)

Hotelaria e Restauração têm em comum serem dois dos pilares fortes da industria do Turismo. Aliados a isso, são também 2 gigantes nos termos de busca do utilizadores da Internet, sendo que 83% das pessoas pesquisam antes de visitar um restaurante, versus 97% de pessoas que marcam o seu alojamento online.

Ambos também ligados no que diz respeito aos exigentes requisitos de “servir bem” o seu público, podem utilizar ferramentas digitais a seu favor para agradar o cliente.

É exemplo disso ter rede Wi-fi disponível para uso do freguês ou hóspede. E essa regalia, é já, no entanto, fator de exclusão da escolha do local a ir, sendo critério de selecção nos portais de alojamento e agregadores de serviços.

O TOP 5 DAS FERRAMENTAS DIGITAIS na Hotelaria e Restauração que marcam pontos com os clientes

1- REDE WI-FI, INTERNET DEDICADA e REDE DE FIREWALL

2- GUEST TV E DIGITAL SCREEN

3- DOMINIO, ALOJAMENTO E SITE

4- READY CHECK GO

5- IOT (automação através de M2M)


1- REDE WI-FI, INTERNET DEDICADA e REDE DE FIREWALL

Apesar desta “pressão”, o serviço de Wi-fi, por si só, trás a mais valia de amenizarão do tempo de espera do cliente e melhoramento de serviço, pelo que é crucial garanti-lo. Assim como é possível também ao prestador de serviço garantir a distribuição do mesmo com uma velocidade garantida através de um serviço dedicado de Internet Premium. Sem esquecer que nos dias de hoje uma das maiores preocupações tem a ver com a ciber-segurança e eventuais ameaças através da Internet, segurança essa que já conseguimos ter a um nível elevado com o Vodafone Secure Firewall Pack.


2- GUEST TV E DIGITAL SCREEN

A par disto, os Guest TV e Digital Screen, interligados, dão continuidade à primeira boa experiência do cliente. Sendo que também já é requisito quase obrigatório disponibilizar TV nos alojamentos, restaurantes e bares – o Guest TV veio ampliar a vantagem que pode ser tirada dessa “obrigação”. O Guest TV possibilita a personalização do menu inicial da TV nos quartos, para que apresente aos clientes os seus produtos / serviços / vantagens ou ainda que os possa disponibilizar de imediato ao cliente com o menu que permita essa reserva directa de serviços. É uma solução bastante interessante e merecedora de um post por si só: pense no que o Guest TV pode fazer por si, e mesmo sem ouvir as suas ideias, digo-lhe que é possível personalizar toda a solução para ser o fato perfeito para o seu negócio.


3- DOMINIO, ALOJAMENTO E SITE

E se no comércio é essencial ter um Domínio, Alojamento e Site, arriscaria dizer que é impossível sobreviver na hotelaria sem estes itens. E mesmo com estes items, 97% das leads são concentradas nos 10 primeiros resultados de uma página. Isto significa que além de ter um site online, precisa que esse site seja bem posicionado para conseguir reservas. Servirá a excelência diária de bem servir para trazer-lhe bons reviews do seu trabalho, mas deverá aliar a isso estratégicas de Marketing Digital, como Google Ads, SEO, Facebook / Instagram Ads, email Markting, para conseguir estar nesse Top 10.


4- READY CHECK GO

Em requesito de “arrumar a casa”, damos tanto valor ao email personalizado como ás ferramentas de gestão de tarefas, de pessoal e de tempo, mas a estrela aqui terá de ser a ferramenta de automatização de processos Ready Check Go, que serve exemplos de check in automáticos, digitalização de documentos, agendamento de reservas, recolha de pedidos na hora, recolha de assinaturas no imediato, e envio de toda a documentação gerada para o email do cliente, sem mais burocracias. Não esquecendo a avaliação dos nossos clientes, que é essencial para garantir a preferência futura de novos potenciais clientes quando pesquisando o seu negócio na internet.

ferramentas digitais na hotelaria


5- IOT (automação através de M2M)

No que diz respeito à gestão de serviços de manutenção, como ar condicionados, CCTV e elevadores, o papel do IOT (Internet of things – Internet das coisas), através de comunicação M2M, machine to machine, é extremamente importante pois facilita indicadores chave que resultam numa melhor gestão de recursos humanos para gerir problemas que agora se tornaram facilmente detectáveis.

Em Resuno:

É assim difícil “pensar pequeno” em termos de digitalização quando se fala nestes 2 pesos pesados do setor: adotam ambos estratégias pensadas, sob a pressão da concorrência no online, para que se possam destacar entre si.

No entanto, essa estratégia de nada serve se não se adaptar ao consumidor , cada vez mais exigente. Nesse sentido, as Ferramentas digitais na Hotelaria e Comércio vem simplificar esse processo e também trazer até ele a informação em tempo real. A analítica já não é algo que é apenas importante, é algo que já passa a ser obrigatório!

Deixe um comentário